Aldeias do Xisto na Serra da Lousã + Mini Foral Dress

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal  o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

On July 6 we went to Serra da Lousã with the purpose of exploring the pedestrian paths, some of the shale villages, to be in contact with nature and, overall, to explore the area (which until then was unknown to us). This post is far from being a travel guide, nor was it planned as such - the initial intention was to share my new summer dress, but I enjoyed the photos we took so much, that it seemed a good excuse to talk about the experience.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Castelo da Lousã

Começámos por visitar o castelo, que fica na mesma zona que a praia fluvial da Senhora da Piedade. É um castelo pequenino, com uma vista bonita. Seguimos pela praia fluvial (da qual pouco usufruímos, porque queríamos mesmo era fazer o nosso percurso pela natureza, e verdade seja dita, a meteorologia não estava muito convidativa para por lá ficar) e almoçámos por perto.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Castle of Lousã // We started by visiting the castle, which is in the same area as the Senhora da Piedade river beach. It is a small castle with a beautiful view. We followed the river beach (which we enjoyed very little, because we really wanted to make our way through nature, and truth be told, the weather was not very inviting to stay there) and we had lunch nearby.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Caminho do Xisto da Lousã  Rota das Aldeias do Xisto da Lousã

Depois de almoço, demos início ao nosso percurso pedestre  guiámo-nos pela rota mais fácil (o PR2  6 km e 3h de duração), que permite conhecer apenas duas das muitas aldeias de xisto existentes: Casal Novo e Talasnal, bem como outros pontos de interesse — sempre em contacto com muita vegetação, tranquilidade e ar puro. // After lunch, we started our pedestrian route - guided by the "easy" route (PR2 - 6 km and 3 hours), which allows you to visit only two of the many existing shale villages: Casal Novo and Talasnal, and other points of interest - always in contact with lots of vegetation, tranquility and fresh air.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.
No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Aldeias do Xisto: Casal Novo

O Casal Novo é uma aldeia muito pequenina (a mais pequena delas todas, penso), onde apenas encontrámos outro grupo de turistas. A calma é imensa, e é impossível não ficar fascinado com as pequenas casas de xisto: tanto as renovadas, como as que não estão em tão bom estado. E claro, a vista é simplesmente maravilhosa. // Casal Novo is a very small village (the smallest of them all, I think), where we only met another group of tourists. The calm is immense, and it is impossible not to be fascinated with the small houses of schist: both the renovated ones, and those that are not in such good condition. And of course, the view is simply wonderful.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

A minha nova mochila da Xiaomi acompanhou-me durante todo o percurso  é pequenina e compacta, mas extremamente espaçosa e prática. O essencial estava lá: água, protetor solar e snacks! O chapéu (numa das fotos acima) também tem sido o meu melhor amigo para os passeios de fim de semana (para os days off, literally).

Quanto ao vestido  foi na Dresslily que o descobri, e estou apaixonada pela sua leveza! Não tinha nenhum vestido do género, e é a peça perfeita para o verão. Fresco e de padrão floral  que mais podia pedir?

Get a 20% discount coupon code on Dresslily: DLGO20

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

My new Xiaomi backpack came with me all the way up - it's small and compact, but extremely spacious and practical. The essentials were there: water, sunscreen and snacks! The hat (in one of the photos above) has also been my best friend for my weekend walks (for the days off, literally).

As for the dress - I discovered it on Dresslily (get a 20% discount with the code "DLGO20"), and I'm in love with its lightness! I had no dress of this sort, and it is the perfect piece for summer. Fresh and floral pattern - what more could you ask for?

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.
No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.
No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

No caminho até às aldeias a vegetação é imensa. A minha parte favorita (e a mais gratificante), foi quando passámos pela ribeira no caminho para o Talasnal: uma zona tão fresca e rica! Aquela água era mesmo o que estávamos a precisar depois de uma longa caminhada  e ainda observámos várias rãs, como a da fotografia abaixo. // On the way to the villages, the vegetation is immense. My favorite part (and most gratifying) was when we passed by the stream on the way to Talasnal: an area so fresh and rich! That water was just what we needed after a long walk - and we still watched several frogs, like the one in the photograph below.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.
No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Aldeias do Xisto: Talasnal

Em comparação com o Casal Novo, o Talasnal é uma aldeia bem maior  e isso nota-se no turismo. Tinha imensos grupos de pessoas a passear, e havia várias na esplanada do café da aldeia (o que não existe no Casal Novo). Ainda deu para ver um gatinho a dormir a sesta numa das casas! 

É uma aldeia que tem sido gradualmente restaurada, e na qual parece que estão a apostar mais. Não pernoitámos, mas acredito que dormir nesta aldeia de xisto fosse uma experiência maravilhosa.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.

Compared to Casal Novo, Talasnal is a much larger village - and this is noticeable in tourism. There were lots of groups of people walking around, and there were several on the esplanade of the village cafe (which does not exist in Casal Novo). I even saw a kitten napping in one of the houses!

It is a village that has been gradually restored. We did not spend the night, but I believe that sleeping in this shale village would be a wonderful experience.

I plan to return and, who knows, maybe next time I'll see a deer! The frame "This is Lousã" (I did not photograph there) and the letters were the last two stops, where the view is incredible! I did not visit the famous and instagrammable swing, but I'll do it in an upcoming visit.

No dia 6 de julho fomos até à Serra da Lousã com o objetivo de explorar os caminhos pedestres, algumas das aldeias de xisto, estar em contacto com a natureza e, no fundo, conhecer a zona (que até então era para nós desconhecida). Este post está longe de ser um guia de viagem, nem foi planeado como tal — o intuito inicial era partilhar o meu novo vestido de verão, mas gostei tanto das fotografias que tirámos, que me pareceu um bom pretexto para falar da experiência.
Isto é Lousã  Letras 

Pretendo voltar e, quem sabe, da próxima vez ver veados! A moldura Isto é Lousã (não fotografei lá) e as letras foram as duas últimas paragens, onde a vista é incrível! Não visitei o famoso e instagrammable baloiço, mas fica para uma próxima visita.

Já visitaram a Serra da Lousã? Qual é a vossa fotografia favorita?
Partilhem este post e deixem a vossa opinião!

xoxo
find me here:

What's your opinion?

  1. Adoro o vestido!
    Também já fui à serra da Lousã e a uma aldeia de xisto, respirasse tranquilidade...
    Beijinhos!
    In Beautyland

    ResponderEliminar
  2. A Lousã é um lugar incrível! Gostei muito das fotos! :D
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  3. Nossa que lugar lindo para conhecer, gostei do padrão do vestido
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  4. Que lugar incrível!!
    Amei as fotos ♥
    E seu vestido é lindo :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Antes de mais, tenho de te dizer que adorei o vestido. Parece ser realmente muito leve e fresco! Esse passeio deve ter sido incrível. Já visitei algumas aldeias de xisto, mas ainda não fui a essas. As fotografias ficaram muito bonitas!

    ResponderEliminar
  6. Tão gira, gostei imenso das fotos!!
    Um beijinho,
    https://skylykika.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  7. Oh, great photos dear!
    You look wonderful :)
    Have a nice day!
    xoxo

    ResponderEliminar
  8. As saudades que eu tinha de vir aqui ver as tuas maravilhas fotografias, ler e comentar! Deixa-me muito contente saber que mantiveste o teu espaço sempre com o teu grande rigor, qualidade e beleza :D Claro que te sigo pelo Instagram mas não é a mesma coisa. Este post foi perfeito para mostrares este vestido lindo! E as paisagens são de cortar a respiração. Parece-me um programa perfeito para nos afastarmos da confusão e para desfrutar da Natureza em paz. Deu-me muita vontade de fazer estas rotas pedestres :D
    Beijinhos enormes de saudade ❤
    EVENING BREEZE

    ResponderEliminar
  9. Que lugar lindo e teu look combinou bem com o ambiente! Adorei!!!
    Beijão!

    ResponderEliminar
  10. Obrigada por esta publicação porque não conhecia esse lugar e tão vale a pena visitar porque essas fotografias estão lindíssimas mesmo! Tal como tu com o novo vestido!

    She Walks Blog
    Shewalksblog Instagram

    ResponderEliminar
  11. Eu quero muito conhecer! Acho tão giro pelas fotografias que vejo e tu estás linda nesse vestido! Adorei as fotografias babe! :D

    ResponderEliminar